© Plateau Produções 2016 |  plateau.projetos@gmail.com

1/8

33

Documentário / 35 mm / 74 min. / 2002

Documentário com atmosfera noir. 33 anos é a idade do diretor. 33 dias é o tempo limite para encontrar sua mãe biológica. Um road movie entre fumaça, parteiras, cartomantes, porteiros, médicos e detetives.

Festival de Locarno / Festival de Rotterdam / Festival de Marseille

Prêmio de distribuição da Hubbert Bals Fund

Mostra Internacional de Cinema de São Paulo 2003

Prêmio de melhor roteiro de 2004 no Prêmio do Cinema Paulista/2005 Fiesp/Sesi SP

Versão para televisão exibido na TV Cultura e Rede STV (Brasil)

Kiko Goifman é diretor, roteirista, artista multimídia, web artista, produtor cultural e ator. Ao longo da década de 1990, Goifman assina a direção de diversos trabalhos em vídeo, entre ficções, documentários e videoclipes. Desde o início de sua carreira, a marginalidade, a violência, a miséria e o abandono são temas recorrentes nos seus documentários, mídias e videoinstalações. Por outro lado, o diretor mineiro radicado em São Paulo procura contrapor as entranhas da psicologia das personagens focalizadas ao “império do real” descrito pela antropologia, proporcionando irrupções inesperadas de surrealismo em meio ao prosaísmo das imagens e depoimentos captados.

Direção

Kiko Goifman

Produção

Beto Tibiriçá - Plateau Produções, Jurandir Muller - Paleo TV



Roteiro 

Kiko Goifman

Claudia Priscilla

Direção de Produção 

Claudia Priscilla

​Direção de Fotografia

​Kiko Goifman

Montagem

Diego Gozze

Mixagem

Damião Lopes